Campo Grande recebe Ícone da Imagem de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

A cidade de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, vai acolher a peregrinação nacional do Ícone Sagrado de Nossa Senhora do Perpétuo do Socorro, no dia 13 de dezembro, domingo. O evento contará com a Santa Missa, presidida pelo Superior Provincial dos Redentoristas de Goiás, padre Robson de Oliveira que celebrará a Santa Missa às 16h30 (horário local), 17h30 (horário de Brasília). O Ícone peregrino está percorrendo as cidades de todo o Brasil em comemoração ao Jubileu dos 150 anos de sua entrega aos Missionários Redentoristas.

A celebração acontece na Praça do Rádio, no Centro, e terá transmissão, ao vivo, pela RedeVida de Televisão, para todo o Brasil. A expectativa, segundo os organizadores, é de que pessoas da cidade e regiões vizinhas participem desse momento de evangelização dos devotos de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. O reitor do Santuário de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Campo Grande, Pe. Dirson Gonçalves, C.Ss.R., é membro da comissão organizadora do Jubileu, representando a América Latina e Caribe, e responsável pela acolhida do Ícone Peregrino na capital.

Segundo o Missionário Redentorista, a população está muito feliz com a visita do Ícone Peregrino e a presença do Pe. Robson. “Para nós, é uma alegria receber o Ícone Peregrino de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, pois, somos referência das Novenas porque realizamos todas as quartas-feiras 18 Novenas”, explica Pe. Dirson.

De acordo com o sacerdote, uma programação já foi organizada para esse dia especial. “A partir das 15h, já começaremos a concentração na praça onde vai acontecer o evento, com apresentações musicais de grupos religiosos da cidade”, diz. Além disso, Pe. Dirson conta que, após a missa, será realizada uma grande procissão. “Vamos percorrer cerca de dois quilômetros do local da missa até o Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e lá teremos o sorteio de 150 Ícones de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro celebrando o Jubileu de 150 anos”.

História da Devoção

“Fazei que todo o mundo a conheça”. A história da devoção à Mãe do Perpétuo Socorro tomou grandes proporções a partir dessa frase, proferida pelo Papa Pio IX, em 1866, no momento em que ele confiou aos Missionários Redentoristas a missão de torná-la conhecida e amada em todo o mundo.

O símbolo de veneração a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, um quadro de autoria desconhecida, cujo original mede 53 cm x 41,5 cm, foi pintado no estilo bizantino da Igreja Oriental. Por trás da consternação de Maria, apresentam-se os símbolos da dor e da paixão que se aproximam do pequeno Jesus.

Em janeiro de 1855, os Redentoristas compraram, em Roma, a residência chamada “Villa Caserta”. Seria a casa central de sua congregação missionária, que já estava implantada na Europa Ocidental e na América do Norte. Justamente naquela área encontravam-se as ruínas da Igreja de São Mateus, destruída pela guerra.

Em 1863, um padre jesuíta perguntou durante um sermão: “Quem sabe onde foi parar um quadro de Maria que esteve na Igreja de São Mateus na rua Merulana, conhecido como Virgem de São Mateus, e mais propriamente Perpétuo Socorro?”. Assim, retomaram as buscas pelo quadro.

Depois de algum tempo, o Papa Pio IX determinou que o quadro voltasse para o local desejado na aparição da Santíssima Virgem, e proferiu ao Superior Geral dos Redentoristas que a devoção fosse levada aos quatro cantos do mundo.

11059239_1008302545896534_1619829565632366984_n

Conheça mais sobre o Pe. Robson:

Padre Robson de Oliveira Pereira, membro da Congregação dos Missionários Redentoristas (o mesmo grupo que atua no Santuário de Aparecida-SP), é Superior Provincial dos Redentoristas de Goiás. Nasceu em Trindade, Goiás, em 26 de abril de 1974. Entrou para o Seminário aos 14 anos de idade, tornando-se sacerdote aos 24 anos. Após exercer trabalhos na Pastoral Vocacional e na formação de jovens para a vida religiosa no Seminário, foi para a Irlanda e em seguida para Roma, onde fez mestrado em Teologia Moral pela Universidade do Vaticano.

Ao voltar de Roma, sentiu necessidade de ampliar a difusão da devoção ao Divino Pai Eterno e, para isso, buscou espaços na televisão. Em nível nacional, as novenas “Filhos do Pai Eterno” e “Nossa Senhora do Perpétuo Socorro”, e o “Santo Terço dos Filhos do Pai Eterno”, bem como as transmissões do Santuário, são exibidas pela RedeVida de Televisão. Também faz parte do trabalho evangelizador a Visita da Imagem Peregrina do Divino Pai Eterno e do Ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro às dioceses brasileiras e outras cidades no exterior.

Com pregações e preces sobre temas que atingem o cerne da vida humana, o padre e sua equipe conquistaram o carinho de pessoas de todos os cantos do país. Amado por muitos católicos, Pe. Robson, que também é bem quisto pelos evangélicos, recebe milhares de testemunhos de conversões e graças alcançadas vindas de diversas regiões do Brasil e também de outros países.

Serviço:

 

Data: 13 de dezembro (domingo)

Horário Missa: 16h30 (horário local), 17h30 (horário de Brasília)

Horário Coletiva: 15h30 (horário local), 16h30 (horário de Brasília)

Local: Praça do Rádio, Centro.

Contato em Campo Grande-MS:

Maria Antonietta (67) 8403-7130

Contatos em Trindade-GO:

Simone Borges (62) 3933-3800 ou (62) 8403-7430

imprensa@paieterno.com.br

 

 

Facebook Comments