Arquidiocese de Campo Grande lança a Campanha Dê Oportunidade

No dia 02 de dezembro será lançada em Campo Grande a Campanha “Dê Oportunidade. Faça diferente, ninguém nasce infrator”. O lançamento será às 09 h no Plenarinho da Câmara Municipal. A campanha é promovida pela Pastoral do Menor, organismo da Conferência dos Bispos do Brasil (CNBB) e quer levar à sociedade um outro olhar sobre o adolescente que cometeu ato infracional.

A Igreja Católica e mais organizações parceiras fortalecem a ideia de que são as políticas públicas realmente efetivadas e o amor cristão e solidário capazes não só de transformar vidas difíceis como impedir um novo ciclo de violações e violências.

Na Arquidiocese de Campo Grande várias ações estão sendo programadas. “Trabalharemos em 2017 fortalecendo o mote da campanha para promover ainda mais o cuidado com o adolescente”, explica a coordenadora arquidiocesana da Pastoral do Menor, Arlene Domingues.

O público alvo da Campanha envolve gestores de políticas públicas, sistema judiciário, conselho de controle social e tutelares, educadores sociais, adolescentes, escolas, representantes de comunidade e movimentos sociais em geral. Para tanto, um farto material impresso e audiovisual foi elaborado para dar apoio à realização de oficinas; Rodas de conversas, seminários/audiências públicas.

Uma das ações da Pastoral do Menor no Brasil é justamente essa, lutar pelo fortalecimento das medidas socioeducativas, oportunidades para a resiliência e dignidade de adolescentes que sofreram violações transformando o ciclo da violência.

A campanha propõe:

  • Informar, esclarecer e sensibilizara sociedade sobre o significado humano, social e político das Medidas Socioeducativas (MSE) para a vida da sociedade e dos adolescentes autores de atos infracionais.
  • Pautar junto aos governos e executores das políticas públicas e a todos os atores dos Sistema de Garantia dos Direitos a necessidade de fortalecimento a aprimoramento do Sistema Socioeducativo (SINASE).
  • Divulgar práticas exitosas na efetivação das MSE, seja nos projetos da Pastoral do Menor como dos parceiros.

 

Ana Paula Cardoso
Comunicação Institucional

Facebook Comments