Arquidiocese de Campo Grande entra na luta para combater Aedes Aegypti

A Arquidiocese de Campo Grande firmou parceria com o Governo do Estado para colaborar com a campanha contra o mosquito Aedes Aegypti. A ação é o gesto concreto da Igreja Católica em Campo Grande durante o ano e também no período que acontece a campanha da fraternidade que neste ano aborda a problemática do saneamento básico no Brasil.

Junto à Secretaria de Estado de Saúde, a Arquidiocese de Campo Grande destaca o tema da Campanha da Fraternidade Ecumênica de 2016 que é “Casa Comum, nossa responsabilidade”, ou seja, o cuidado com o planeta Terra. “Os cuidados vêm de encontro com o nosso tema da Campanha da Fraternidade que aborda a questão do saneamento básico e poderemos ampliar para as ações para o combate ao mosquito”, destacou Dom Dimas, arcebispo da Arquidiocese de Campo Grande.

Todas as paróquias e comunidades católicas da cidade receberão material educativo sobre o combate ao mosquito transmissor da dengue, febre chikungunya e Zika. A campanha será intensificada nas Missas, celebrações e nas mídias da Arquidiocese.

Segundo levantamento feito pelo Governo do Estado, os focos do mosquito encontrados pelas equipes de combate a endemias, 80% deles estão dentro de residências.  O texto-base da CF está organizado em cinco partes, a partir do método “ver, julgar e agir”.

Dom Dimas afirma que toda a sociedade deve se unir para enfrentar o mosquito e a igreja não poderia ficar de fora. “É muito importante que a gente tenha essa consciência e esse assunto merece um espaço nos nossos encontros. Vamos nos mobilizar, mobilizar toda a nossa comunidade para evitar o aumento dessas doenças. E a orientação é muito importante”, comentou.

Ana Paula Cardoso

Facebook Comments