Arquidiocese de Campo Grande celebra 58 anos de instalação

No ultimo dia 23, a Arquidiocese de Campo Grande celebrou 58 anos de instalação com missa solene na Catedral Nossa Senhora da Abadia – Paróquia Santo Antônio. A missa foi presidida pelo Arcebispo Dom Dimas Lara Barbosa.

A Arquidiocese de Campo Grande foi criada através da Bula Inter Gravíssima, assinada pelo Papa Pio XII, no dia 15 de junho de 1957, sendo efetivada em 1958.

Na época, a Catedral tinha sua sede na Paróquia de São José. Foi lá que o Núncio Apostólico, Dom Armando Lombardi, enviado pelo Santo Padre, o Papa, instalou a Diocese, empossando solenemente o seu primeiro Bispo, Dom Antonio Barbosa, que havia recebido a ordenação episcopal, em São Paulo, no dia 01 de maio daquele ano.

Com a instalação da diocese, Campo Grande foi desmembrada de Diocese de Corumbá e parte da prelazia de Registros do Araguaia (hoje Diocese de Guiratinga-MT).  Em 27 de novembro de 1978, pela Bula Officci Nostri,  do Santo Padre João Paulo II, a elevação para Arquidiocese e Sede Metropolitana.

Ao longo dos anos, a Arquidiocese de Campo Grande teve seu território eclesiástico desmembrado, dando origem as Dioceses: Coxim, ao norte, Três Lagoas, leste e Jardim, sul/sudoeste; hoje sua extensão territorial atinge em torno de 44 mil quilômetros quadrados, e abrangência aos municípios: Bandeirantes, Corguinho, Jaraguari, Ribas do Rio Pardo, Rochedo, Sidrolândia e Terenos.

Ana Paula Cardoso
Comunicação Institucional

Facebook Comments